Thursday, September 20, 2007

Os Sete no Continente

Este podia ser o título de uma crónica de Alberto João Jardim acerca de uma farra, com seis amigos seus, vestidos de marinheiro, num quarto de uma pensão manhosa do Cais de Sodré. No entanto, como aqueles que se iniciaram na leitura ainda antes de recorrerem aos programas de alfabetização em horário pós-laboral terão deduzido, o título alude inequivocamente a uma obra que poderia ter sido escrita por Enid Blyton, na qual, porventura, sete jovens audazes e perspicazes sairiam da Grã-Bretanha natal para vir desvendar os crimes de uma quadrilha de ladrões - que gostam de raptar cães e crianças e que escondem tesouros - ao lado de cá do Canal da Mancha.
Quis, no entanto, o destino, não sua infinita perversidade, que o título desta prosa se referisse à ideia triste que a UEFA teve - essa de deixar que, pela primeira vez na história, Portugal fosse "representado" (o termo é exagerado...) por sete equipas nas competições europeias.
Não digo isto por mal, digo isto porque sou realista. Este ano Portugal arrisca-se a fazer desmoronar uma pontuação que lhe permitiu estar entre a elite do futebol europeu, com 3 equipas na Liga dos Campeões, em duas épocas consecutivas. Bom... 2 equipas mais o sportém, pronto. Os tontinhos, como se sabe, vão passear pela Europa às custas da UEFA e regressam a casa com as mãos invariavelmente vazias e o papinho recorrentemente cheio... enfim, fazem tanta falta no Velho Continente como a fome ou a peste negra, só para citar duas das maiores causas de alegria e regozijo entre os povos europeus. Voltando às contas, temos este ano que haverá duas equipas a amealhar, pontinho aqui, pontinho ali, para depois se dividir o bolo por 7 galifões, 5 dos quais entraram no esquema porque gostavam de conhecer "o estrangeiro" - sobre o grupo excursionista, estamos conversados; vamos aos outros.
Ao Paços de Ferreira, eu dou o desconto. Desconfio que os homens nem no Algarve alguma vez jogaram. Portanto, ir passear até à Holanda até deve dar direito a pão de quilo e cinco litros de tinto para levar na camioneta, para a viagem até "lá fora". Uns enchidos, oferta da câmara municipal, também calham bem e sempre se poupa nas despesas de alimentação.
Agora, à União de Leiria, perdoa-se o quê? Uns incompetentes reconhecidos que fazem durante a pré-época, ano após ano, o melhor desempenho da temporada, eliminando portentos do País de Gales, do Chipre, da Macedónia ou do Luxemburo, para chegar à final da Intertoto, apurando-se para a UEFA, de maneira a ir lá fazer a mesma figura que a nossa selecção de râguebi faz no mundial - que, num espírito absolutamente tuga-typical, tem o maior orgulho em ser a pior equipa do torneio ("pobrezinhos mas honrados", à boa maneira do Presidente do Conselho, que Deus o tenha). Já me dizia o meu avô "para ser gozado, sou gozado na minha terra". O meu avô daria umas belas palestras ao pessoal lá da União.
Mas, pior, pior, mesmo pior, é o Belém. Ao clube mais desonrado do futebol nacional, nem o orgulho se lhe aproveita. É vê-los entrar em campo e espantar-se, boquiabertos, "pô, cara... esse aí é que é o tal de Podolski?" ou "aí, malando, olha lá... aquele é que é o Shaistaiga". E o Jorge Jesus, que os avisara na preparação do jogo "vocês tenhem cuidado com o Ribérinho, que esse cabrão corre que sa farta", olha para a Allianz Arena e pensa, com os seus botões, antes de se sentar rente ao chão, "finalmente, 'tou adonde mereço de 'tar"...
E ainda há o Braga. Vindos da terra da estátua do D. João Peculiar, seria de esperar que esta formação, que teima em empoleirar-se na história do futebol tuga como o novo quarto grande, se enchesse de brio e atacasse, finalmente, as competições europeias com eles no sítio. Será que não se lembram de um certo Boavista, treinado por Jaime Pacheco, ter chegado às meias-finais da UEFA? Eu não peço tanto. Mas agradecia que, pelo manos, não envergonhassem, ainda mais, este país que até já arrecadou umas quantas eurotaças...
E eu, olhando para tudo isto, penso na injustiça que é os outros dois andarem, esforçadamente, a tentar recolher, contra gigantes, aquilo que esta vagabundagem, sem noção da realidade, lá vai esbanjar. Digam-me, adianta uma pessoa pensar nestas coisas? Eu já nem reclamo... Vai ser um ano triste para o futebol português.

21 Comments:

At 10:59 PM, Blogger Helena Henriques said...

Pois, é um caso análogo ao referido pelo Vinhas na descida ao Inferno Vitalis, salvas as devidas distancias, claro. Enfim, uma espécie de dores de crescimento mas que podem ser fatais. Acho injusto com o Belém que, pelo menos na segunda parte lutou, é inferior, pois, que surpresa, tudo isto é um bocado à la palisse... Ah, quem são as duas equipas? :D

 
At 11:19 PM, Blogger Férenc Meszaros said...

Um pontinho em 7 jogos... Atéfáfume!

 
At 9:56 AM, Blogger jose said...

Humm, previsão fatalista, à boa maneira portuguesa...

Penso que todos têm hipóteses de passar à fase seguinte, menos o Leiria.

 
At 10:24 AM, Blogger Metralha said...

Por acaso foi engraçado o grupo folclórico excursionista que se apresentou em S. Siro.

Aquilo foi um fartote de dança, tal o baile.

 
At 10:57 AM, Blogger jose said...

Pois foi, eles todos cor-de-rosinha!

 
At 11:10 AM, Blogger Pelicano said...

"Benfiquistas desde pequeninos"
http://pelicanobenfica.blogspot.com

 
At 2:06 PM, Blogger Diego Armés said...

Eu preferi o bailinho do madeiren... da Madeira. Mas eu não sou muito dado a tradições, é opinião de leigo.

PS - Não era suposto o sportém ter marcado o seu golo desta edição da Champions nesta primeira jornada? Julguei que fosse tradição...

 
At 2:23 PM, Blogger Helena Henriques said...

Vá josé, há que valorizar o golo da amelinha, é festa... :D

 
At 3:36 PM, Blogger jose said...

Não foi mau, o golo, mas vá lá, deu para evitar 0 7-2...

 
At 3:42 PM, Blogger Helena Henriques said...

Tipo Vigo???? :D

 
At 3:53 PM, Blogger Diego Armés said...

Derrota fora, pela margem mínima, frente ao campeão europeu, com um golo marcado sem ser de penalty... Trágico?

PS - Onde está o sportém? E o folcuporto? É procurar...
http://sathanasias.bravepages.com/f-teams/ft-trank-all.html

 
At 4:22 PM, Blogger jose said...

Sim, tipo Vigo!

 
At 4:23 PM, Blogger Diego Armés said...

O que eu ainda me vou rir dos excursionistas... :)

 
At 4:55 PM, Blogger jose said...

Nessa classificação o Manchester está atrás do Benfica... É para rir?

 
At 5:01 PM, Blogger Helena Henriques said...

É.

 
At 5:12 PM, Blogger Diego Armés said...

Estão lá explicados os termos da avaliação... E não fui eu quem fez as regras. De qualquer modo, podem consultar os rankings das taças em separado. Numa delas, o sportém aparece à frente do Benfica. Adivinhem em qual...

 
At 5:28 PM, Blogger jose said...

Só pode ser na taça da seriedade, honestidade, devoção, dedicação e glória.

 
At 5:36 PM, Blogger Diego Armés said...

"Tenho mais pena de quem se gaba do que de quem se chora". (Sabedoria popular)

 
At 5:53 PM, Blogger jose said...

Não é gabar, é um realidade, uma maneira de estar...

 
At 5:55 PM, Blogger jose said...

Outra coisa - aconselho a leitura da ultima pág. da Visão, coluna do Ric.Araujo Pereira, ilustre benfiquista (argh!). Hilariante.

 
At 5:58 PM, Blogger Diego Armés said...

Eu não disse que te estavas a gabar... E com esta te deixo a pensar, que a conversa contigo já vai longa.

 

Post a Comment

<< Home