Wednesday, July 25, 2007

A próxima época

FCP

Perante tantos recursos, Jesualdo deslumbra-se e encomenda as faixas depois da vitória sobre o Sporting na segunda jornada.

A equipa progride rapidamente até ao Natal, tomando o primeiro lugar no campeonato. No início do ano seguinte, e depois da venda de Quaresma a equipe ressente-se e há arrufos no balneário com tantos a querer jogar e a não poderem.

A esta desestabilização responde Pinto da Costa com o regresso de Postiga, inconsolável por ser suplente no campeonato búlgaro. Arrependido faz uma ponta final assinalável e Jesualdo, sem saber como (novamente) é tri-campeão.



SCP

Começo hesitante alternando derrotas com empates. Sente-se a falta de Caneira e Tello, mas ninguém recorda Ricardo que após algumas jornadas infelizes vai parar ao banco da equipe para onde foi e cujo nome não me lembro.

Os reforços destacam-se mas não o suficiente para saírem dos resultados comuns: 0x0, 1x1, 1x0 e 0x1!

O presidente antes mesmo do Natal começa a vociferar contra as forças ocultas do futebol que não deixam o SCP ganhar (o que é normal porque estão 15 a disputar o campeonato e não a figurar).

Pela Páscoa, com o campeonato perdido, o SCP ganha ânimo ou perde pressão (é uma equipa jovem todos os anos!) e desata a pressionar o Braga na conquista do segundo lugar. No final fica com acesso à Taça UEFA e ganha a inovadora Taça da Liga.



Braga

Regularidade do princípio ao fim, fazendo a vida negra aos grandes. Sem exibições de encher o olho porque o treinador foi um central e não está para essas coisas de jogar bonito, o Braga vai amealhando pontinho a pontinho, sem dar nas vistas e quando chega o último terço da prova está a 5 pontos da liderança e em 3º lugar.

A sua vitória sobre o Benfica na Luz será o seu grande momento!



Benfica

Começo deslumbrante da equipa encarrosada! Vitórias sucessivas alimentam o ego dos 6 milhões (actualmente menos 15% devido à baixa natalidade no Alentejo e Trás-os-Montes) e sobem o PIB nacional em 0,1% o que leva José Sócrates a querer comprar mais uma colecção Berardo para este lançar nova OPA sobre o SLB.

Tudo corre bem até que, pelo Natal... Simão vai embora para o campeonato inglês, Luisão foge para a Alemanha e Petit, com o desgosto, diz que vai abandonar no fim da época.

Perante tal hecatombe, Fernando Santos só tem uma solução: começa a ter encontros secretos com Scolari em Fátima, para que os dois guias espirituais o iluminem. Scolari aconselha Fernando Santos a contratar José Couceiro como adjunto e o resto vocês já sabem...



Guimarães

Carreira histórica deste grande clube que salta para a ribalta uefeira! Mas, o que seria o campeonato deste clube se não tivesse o estádio interditado três vezes pelo mau comportamento dos adeptos, uma média de 1,75 jogadores expulsos por jogo e não tivessem despedido e contratado o mesmo treinador três vezes ao longo do campeonato!





Vinhas

Nota do Autor: Este texto tem truque...

3 Comments:

At 6:16 PM, Blogger Helena Henriques said...

This comment has been removed by the author.

 
At 10:17 AM, Blogger jose said...

Pelo Natal o simão quê?

Quero ver agora as jogadas que os 20 milhões vão fazer pelos flancos...

 
At 10:44 AM, Blogger Helena Henriques said...

Já é Natal? Oh, tenho de comprar as prendas antes que vendam o Luisão!

Agora a sério Vinhas, parece que o senhor dos pneus anda a ler os teus textos só para os destruir!

 

Post a Comment

<< Home