Friday, February 15, 2008

A irmandade

Primeiro foi o Meszaros, com aquela bigodaça aquilina e aquele ar de Genghis Khan que degolaria quem se aproximasse do seu meio-campo. Vieram outros: O Jordão a jogar em biquinhos de pés, o Manel que enfiou 4 na baliza do Bento naquele Santo Dia e o Litos com o seu génio. Intermitente, mas génio. Depois veio o Douglas com o seu ar de rufia com os peúgos no chão e mais tarde o imperial Stan Valckx, até chegarem o Chefe Barbosa e mais tarde o Duscher e o Beto Acosta.

O futebol cria ídolos, é a sua vocação natural. Os arrumadores choram por Óscar Cardozo, os irmãos Cavaco idolatram Bruno Alves e o pessoal do Trumps suspira por Miguel Veloso.

Vukcevic ainda só agora chegou, tem ainda muito que mostrar e ainda não é, naturalmente, uma referência como os outros foram para mim. Mas tem uma coisa com a qual me identifico pessoalmente: Não, não partilhamos o ar entroncado e sem pescoço; o seu servo-croata será ligeiramente melhor que o meu mas seguramente que não sabe fazer um bacalhau á Zé do pipo daqui, ó; poderá ter mais jeito com o pé esquerdo, mas eu ganho-lhe na imitação do Jorge Fernando a cantar o ‘Umbádá’; e felizmente que eu não tenho nenhum sinal gordo espetado na bochecha. Mas quando faço uma luxação no ombro depois de um pontapé no ar, a mais de um metro do chão, também a primeira coisa que faço é tentar enfiar o braço à bruta no sítio. E quem já o fez sabe que isto é daquelas coisas que criam afinidade, que aproximam as pessoas: Será semelhante ao sentimento unificador que partilham todos os fumadores de cachimbos, os accionistas do BCP ou os maçons. Da próxima vez que vir o Vukcevic, vou-lhe dar um abraço e ensinar-lhe o aperto de mão secreto das pessoas que tentam enfiar o úmero sozinho no sítio quando se desencaixa. E talvez, se ele se portar bem nos próximos jogos ensinar-lhe que para o voltar a meter no sítio basta rodar o pulso para cima e puxar o braço para fora no mesmo movimento. Encaixa direitinho. E depois vou sugerir à SAD para juntar um endireita à equipa médica, que aquele doutor gordo a dar puxões no ombro do rapaz não dá saúde a ninguém. Não fazer queixa à Associação das Pessoas com Luxações á Farta é uma sorte, que tenho para mim que é por culpa dele que o moço vai ficar 3 semanas de fora a ver o Tiuí aos pulinhos.

Da exibição da equipa não falo, que ainda estou de greve. Mas tu, Vuk… Dois golos, os rins dos suíços todos escangalhados e ainda por cima tentar enfiar sozinho o ombro no sítio? Vá rapaz, venham de lá esses ossos!

16 Comments:

At 10:11 AM, Blogger jose said...

Lindo, lindo, lindo!

 
At 11:07 AM, Blogger jose said...

Uma curiosidade:

aquele lançamento lateral do Bynia foi executado dentro das leis do jogo?...

 
At 7:44 PM, Blogger Diego Armés said...

Não, pá. Foi dentro do estádio.

 
At 9:57 AM, Blogger jose said...

ahahah, porra, pá, um golo gamadíssimo!! Vai ver as regras, vai... E mesmo ao lado do juiz de linha!!
Mas o pior é que se queixam imenso.

 
At 11:28 AM, Blogger jose said...

Atão, está tudo de baixa pela caixa ou de caixa pela baixa?

 
At 5:01 PM, Blogger Diego Armés said...

O jose, faz uma experiência: durante um jogo (qualquer um) da primeira liga, verifica quantos lançamentos são mal efectuados. Depois diz-me a que resultado chegaste. O único problema no caso deste é que deu mesmo golo... Azar. É como o penalty sobre o Tiui (só pode ser para rir...). Felizmente, o Polga escreve direito por linhas tortas. Ou remata torto com o pé direito?... É qualquer coisa do género. Mas também podemos falar da agressão do Lisandro na Madeira. É só escolher: por onde começamos?

 
At 10:44 AM, Blogger jose said...

Começa por onde quiseres... O Paços estava a ameaçar o benfica, a dominar o jogo e levou um golo ilegal. Uma coisa é lançar mal, outra é lançar daquela maneira. Daqueles nunca tinha visto...

 
At 3:37 PM, Blogger Diego Armés said...

Vai dar uma volta, pá... Viste tão bem o jogo que nem sabes quem era o adversário do Benfica. Parvo sou em dar conversa a um ignorante...

 
At 5:36 PM, Blogger jose said...

De facto, és um bocado parvo, senão davas a mão à palmatória e mai'nada. E paços de ferreira ou naval, vai dar ao mesmo, ambos foram gamados contra a tua equipa, escolhe à vontade...
Tás irritadinho porque a tua equipa não joga um caroço e lá se vai safando com uns gamançozitos aqui e acolá? E que ainda por cima vão dando pontos? Compreendo-te, miúdo, compreendo-te... Ficas assim meio sem argumentos, não é?...

 
At 6:05 PM, Blogger Diego Armés said...

Eu?! Ó atrofiado, tu é que estás irritado, eu estou tranquilíssimo. Até admiti que o lançamento é ilegal - aquele e mais centenas ao longo do campeonato. Simplesmente, isso é típico da lagartixa que não tem mais o que fazer: procura e revê durante todo o fim-de-semana onde é que o Benfica foi beneficiado. Se queres que te diga, este fim-de-semana o Benfica foi beneficiado pelo calendário. Podemos jogar mal, mas a Naval é inacreditavelmente fraca... Aliás, o lançamento do Binya é mal executado, sim, mas a saída do guarda-redes da Naval é o quê? Palhaçada... O fiscal de linha tem culpa e o guarda-redes não? Está bem, é bem visto.

Agora, vai mas é ver os teus jogos e diz-me onde é que o penalty sobre o Tiui é penalty. É que o Nelson foi expulso, com evrmelho directo, nesse lance. Só por acaso... Mas se ficares meio sem argumentos, podes sempre ser tão parvo quanto és habitualmente. Já estamos acostumados. Se tiveres dúvidas, pergunta a alguém que perceba alguma coisa de bola e que não se limite apenas a marrar com o encarnado. Já chega, pá...

 
At 10:08 AM, Blogger jose said...

Eu apenas vi a tal equipa "inacreditabelmente fraca" a dominar o benfica e a ser traída por um fiscal de linha...
Confessa, não viste o jogo, pois não?

 
At 9:08 PM, Blogger Diego Armés said...

Bolas... tu és estúpido, hein?... Caramba. Daqui não levas mais nada. Se não sabes discutir, calo-me e pronto. Não respondeste nada e vens com a treta do costume, desde o princípio da conversa. Não sabes ler, suponho. Olha, ó idiota, isto disse eu:

"Até admiti que o lançamento é ilegal - aquele e mais centenas ao longo do campeonato."

Queres que repita? Toma lá:

"Até admiti que o lançamento é ilegal - aquele e mais centenas ao longo do campeonato."

Vá, mais uma vez? Pronto, abre a pestana ó amêba:

"Até admiti que o lançamento é ilegal - aquele e mais centenas ao longo do campeonato."

Queres que escreva em maiúsculas? Olha, cá vai, ó atrasado:

"ATÉ ADMITI QUE O LANÇAMENTO É ILEGAL - AQUELE E MAIS CENTENAS AO LONGO DO CAMPEONATO."

Queres

que

escreva

mais

devagar

?

Toma, ó imbecil:

"ATÉ

ADMITI

QUE

O

LANÇAMENTO

É

ILEGAL

-

AQUELE

E

MAIS

CENTENAS

AO

LONGO

DO

CAMPEONATO."

Agora, importas-te de me largar a braguilha? Vai lá comentar os lances do sportém, pá... Desampara-me a loja.

 
At 10:44 AM, Blogger jose said...

This comment has been removed by a blog administrator.

 
At 11:35 AM, Blogger Férenc Meszaros said...

Calma, não vale exagerar...

 
At 11:40 AM, Blogger jose said...

Apaga-o agora!

 
At 1:32 PM, Blogger Férenc Meszaros said...

Calma José. Quem apagou fui eu. Acho que não vale a pena chegar a este ponto, só isso.

 

Post a Comment

<< Home