Thursday, March 13, 2008

Salir a perder

-Bons (7):
Quim, Rui Costa, Léo, Katsouranis, Cardozo, Rodríguez e David Luíz.

-Medianos (7):
Luisão, Nuno Gomes, Petit, Bynia, Butt, Mantorras e Moreira.

-Maus (ou muito maus ou anedóticos, nalguns caos) (10):
Maxi Pereira, Luís Filipe, Di Maria, Nélson, Edcarlos, Nuno Assis, Fábio Coentrão, Makukula, Bergessio e Andrés Diaz.

-Incógnitas (5):
Miguel Vítor, Freddy Adu, Sepsi, Romeu Ribeiro e Zoro.

Esta é a minha lista do plantel do Benfica 2007/2008, o "melhor dos últimos dez anos". Para começar, é um plantel de merda. Estou a ser muito directo, Vieira? Eu reformulo: no Vitória de Guimarães, seria um lote de jogadores razoável.

Do início, vá: num plantel competitivo, com aspirações a ombrear com um folcuporto, a nível nacional, e a dignificar o emblema, a nível internacional, a divisão dos jogadores deverá ser algo do género: 50%, valores seguros (dos quais se deve contar que 2 ou 3 saiam no final da época); uns 20%, podem ser experiências, incógnitas, sendo que daqui um ou dois poderão conquistar o seu lugar no plantel e o resto vai para a União de Leiria; os restantes 30% são as chamadas "segunda linha", jogadores medianos, incompletos, que desempenham um papel de "em último caso", "solução de recurso" ou "bidão de treino" - existem porque são baratos e dão jeito nas peladinhas. Portanto, temos uns 15 "titulares"; uma segunda linha "mediana" (não medíocre); e 4 ou 5 incógnitas que podem dar um ou dois coelhos de cartola.

O que temos nós no Benfica? Sete jogadores de alto rendimento; um deles, guarda-redes; outro em final de carreira; um em sub-rendimento, outro em final de contrato; mais um com a situação profissional indefinida. Sobra o David Luíz, que tem passado mais de metade da época lesionado. É muito pouco isto que temos, Vieira. Muito pouco. Na galeria dos medianos, também há valores seguros, mas, esta época, todos eles têm tido desempenhos muito fracos (os que têm tido algum desempenho) - faço uma ressalva a Bynia, que me tem surpreendido e que acredito que venha a ser um belíssimo centro-campista (talvez tenha sido o melhor investimento da época... o futuro o dirá).

Das incógnitas, fiquei bem impressionado com Sepsi, Adu e Zoro - este último tem, claramente, dois pontos fracos: massa muscular a mais e velocidade a menos; mas é um "patrão" da defesa, à antiga, sóbrio, duro no choque, imponente; os outros dois são muito jovens e cheios de atributos que, bem trabalhados, podem dar frutos. Míguel Vítor e Romeu Ribeiro... o primeiro, poderá permanecer, parece-me. O segundo, penso que não tem lugar num plantel "ideal".

Agora, tenham medo. Vem aí a galeria do susto. Uma equipa que consegue entrar em campo com Nélson, Edcarlos, Maxi Pereira e Makukula, em simultâneo, e aguentar quase oitenta minutos sem sofrer uma humilhação, merece o meu aplauso - os sete jogadores que restam, entenda-se. E ainda havia no banco o Luís Filipe. E ainda existe no plantel aquela coisa hedionda que responde pelo nome de Nuno Assis. E o Di Maria? Mas que coisa é aquela que demora 7 segundos a controlar uma bola, depois de dar quatro piruetas sobre si mesmo, de maneiras que, suspeito, chega a perder a noção de espaço e do próprio corpo? Os outros, foram despachados - a expressão "tarde de mais" não se aplica aqui: eles nunca deviam ter chegado a fazer parte do Benfica. Não. Tudo junto, é mau de mais.

Temos, portanto, que tudo o que se tem passado nos últimos meses (anos?) não passa de um gigantesco engano. Esta época foi um engano. As palermices que o palerma-chefe debita frequentemente são um engano. Estamos todos enganados. Saímos todos a perder. Nunca defendi Fernando Santos, mas, convenhamos, ser despedido à segunda jornada, depois de ter perdido nos últimos dias da pré-época dois jogadores que, neste plantel, seria "galácticos", é um golpe duro. De Camacho também se sabe que a táctica não é o seu forte, mas como pode exigir-se a um ser humano que faça de um monte de lixo uma equipa respeitável? Façamos um teste: vou elaborar uma equipa que é o "mal menor" (medo...). Na baliza, Quim (até aqui, está a correr muito bem); defesa esquerdo, Léo (boa!); defesa direito, Maxi Pereira (pronto, um a menos); centrais, David Luíz e Luisão (menos mau...); meio campo: Katsouranis, Bynia e Rui Costa (aceita-se, mas...); ataque, Rodríguez, Nuno Gomes e Cardozo (razoável...). Este é, de longe, o melhor onze para uma equipa que jogue com flexibilidade tanto em 4-4-2, 4-4-2 losango ou 4-3-3 quando se tem os jogadores que o Benfica possui. E agora pergunto: chega para um folcuporto? Para um Celtic? Para um... Getafe? Não chega. Jogar com menos um é sempre mau. Não ter alternativas é pior ainda. Não ter soluções aproxima-nos da falência do esquema de jogo. Há a inspiração - pois há, mas é só às vezes. Há a sorte e o azar - pois sim, mas os azares previnem-se e as sortes têm de ser aproveitadas. E há a burrice, a incompetência e a falta de planeamento, de estratégia. Há, sobretudo, um responsável: Luís Filipe Vieira. Sim, é contigo, pá. É contigo que estou a falar. Se precisares de conselhos, não dês ouvidos ao terceiro anel. Se precisares de sensatez nas contratações, não dês carta verde aos intermediários. Se precisares de reforços sérios e em conta, não prestes atenção aos empresários. Presta-me atenção a mim. Eu, que sou benfiquista e não sou parvo nem cego nem crente, sei do que é que o Benfica precisa. E, para começar, precisa de um presidente que, em vez da mania que é esperto, tenha consciência, sentido de responsabilidade e noção do que é este clube e das suas necessidades presentes, das suas carências, dos seus defeitos. Eu não preciso que me digas que somos o maior do mundo. Eu nem sequer preciso que sejamos os maiores do mundo, entendes? Eu preciso de entrar no meu estádio e sentir orgulho naqueles jogadores. E preciso de sentir que aqueles jogadores sentem orgulho na camisola que vestem e que são profissionais a sério, com as suas qualidades e o seu esforço, a lutar pelas dezenas de milhares que, todas as semanas, pagam para se desiludirem com aquilo que, supostamente, devia dar-lhes alegrias. Eu não quero a tua "máquina de ganhar". Eu não preciso que aniquiles o Pinto da Costa com apitos dourados. Eu nem sequer me incomodo com a rivalidade fora de prazo com os outros das riscas - Vieira, eu cago-me no sportém, acredita. Mas não te admito que faças do Benfica uma coisa qualquer, vulgar, sem nexo. Eu dispenso mesmo os teus discursos inflamados e gramaticalmente lamentáveis e as tuas aquisições de Eusébios (pobre senhor...) e Maradonas às dúzias. Eu exijo que sejas sério e decente. Não estou pedir por favor, repara. Estou a exigir.

14 Comments:

At 9:01 PM, Blogger Solo_minsk said...

Bastante lúcido.

 
At 11:12 PM, Blogger Férenc Meszaros said...

O que mais me entristece é que podia pegar no teu texto e aplicá-lo ao Sporting. Mas sem a parte dos '30 milhões de euros', claro.

Não falaste nisso? Deve-te ter escapado...

 
At 11:46 AM, Blogger jose said...

Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão!
Miséria.

 
At 12:17 PM, Blogger Diego Armés said...

Não estou para procurar, mas se não mencionei os 30 milhões de euros foi mesmo por lapso.

 
At 1:04 PM, Blogger Bulhão Pato said...

Bom texto. Sublinho o que disse o Meszaros: é quase tudo válido para o Sporting. Mesmo assim, acho que vocês têm mais banco do que nós... Mais banco dos réus, entenda-se... Corrijo, têm, de facto, mais banco. Ontem, foi assustador olhar para as mulas que se sentavam à direita do Paulo Bento. Nenhuma era opção válida... O Benfica ainda tem uma ou outra substituição válida por jogo.

Discordo frontalmente da apreciação do Nuno Assis e do Maxi. Acho que são competentes. Não são brilhantes, mas ainda ajudam. Queres um Farnerud?

 
At 1:04 PM, Blogger Bulhão Pato said...

Bom texto. Sublinho o que disse o Meszaros: é quase tudo válido para o Sporting. Mesmo assim, acho que vocês têm mais banco do que nós... Mais banco dos réus, entenda-se... Corrijo, têm, de facto, mais banco. Ontem, foi assustador olhar para as mulas que se sentavam à direita do Paulo Bento. Nenhuma era opção válida... O Benfica ainda tem uma ou outra substituição válida por jogo.

Discordo frontalmente da apreciação do Nuno Assis e do Maxi. Acho que são competentes. Não são brilhantes, mas ainda ajudam. Queres um Farnerud?

 
At 1:27 PM, Blogger Diego Armés said...

Vamos lá ver, o Maxi está naquela galeria, no patamar dos "maus". O Nuno Assis é lamentável. Acredita no que digo. Ele e o Farnerud, juntos, fariam uma bela parelha para... sei lá, olha, lutas na lama. Para quem goste... do género... claro, cof cof... eu eu eu... Jesus Cristo, nunca isso me passou pela cabeça.

 
At 8:07 PM, Blogger ardinario said...

Já li o texto ontem e pareceu-me bom. Olhando para a tua tabela acho que concordo com tudo, e só queria acrescentar uma coisa em relação ao Chalana (já não me lembro se falaste sobre ele, mas cá vai). O que ficou do discurso do Chalana após o Getafuck Out of Europe? Ficou que "se não fosse aquela bola ao poste...".
São todos a mesma merda... O que pensa um jogador - se é que pensa alguma coisa - depois de um jogo miserável daqueles e depois de umas não menos miseráveis declarações do treinador? "Ah e tal, de facto... aquela bola ao poste... se não fosse a bola ao poste... teríamos partido para uma exibição de luxo!". E pronto, ficam agarrados à bola ao poste e esquecem a figura ridícula que andaram a fazer.
Pronto era só isto.
Apago? Não apago?... Hmmm...
Siga!

 
At 8:09 PM, Blogger ardinario said...

"Discordo frontalmente da apreciação do Nuno Assis e do Maxi. Acho que são competentes. Não são brilhantes, mas ainda ajudam. Queres um Farnerud?
"

Porra! O Maxi, competente?? Competente é o meu contabilista e saca-me duzentas mocas por mês! E o Nuno Assis só é bom a rodopiar sobre si próprio. Faz-me lembrar... sei lá... faz-me lembrar um cão a correr atrás da cauda.

 
At 1:53 AM, Blogger boloposte said...

Quem é que estava agarrado à bola ao poste, que eu não dei por nada?

(Um luxo de jogador, este Armés... Quem é o teu empresário, rapaz?)

 
At 3:09 PM, Blogger Nuno Sousa said...

Bom texto Diego. Obviamente a análise individual de cada jogador é discutível, mas concordo na larga maioria. Ainda assim o essencial a retirar é que temos um presidente que quando as coisas correm bem, chama o mérito a ele, quando correm mal, esconde-se, não dá a cara, e passa as culps para os outros.
Até admito que ele continue como presidente, agora que assuma a pasta do futebol é que é lamentável. Ele percebe tanto de futebol como eu de..., sei lá..., de agricultura! (e olha que já fui a algumas vindimas e apanha da batata!) Na pré-época vem um administrador da SAD dizer que temos 20M€ para aquisições e depois vendem o Simão?!?! Não têm 5M€ para ficar com o Miccoli, mas têm 12 para comprar o Cardozo? Não compram o passe do Rodriguez, mas compram o Makukula?? São equívocos a mais numa época só! Espero que tenha aprendido alguma coisa com tudo isto, e prepare devida e atempadamente a próxima época.
Exigo!

 
At 3:09 PM, Blogger Nuno Sousa said...

This comment has been removed by the author.

 
At 8:43 AM, Blogger vinhas said...

O Nuno Sousa tocou na ferida (ou cancro!). O SLB já teve plantéis mais fraquinhos que fizeram um brilharete à custa do amor à camisola. Os jogadores, bons ou maus, devidamente rentabilizados, podem surpreender.
A única coisa que não surpreende é o Sr. Vieira que pensa que uns milhões e uns bitiates, umas invasões a estúdios e voz de ralhete são a gestão do clube. Chegou com 40 anos de atraso e mesmo assim ao clube errado!
Sou FCP mas não sou louco! Se não houver adversários e competitividade interna o FCP também se desfaz, por arrasto

 
At 3:54 PM, Blogger Diego Armés said...

É um ponto de vista interessante esse teu, ó Vinhas. Havemos de explorar o assunto.

Quanto ao resto, parece que pensamos todos o mesmo... sendo assim, é mais grave do que se pensava.

 

Post a Comment

<< Home